As Gravuras Rupestres do Vale do Côa, autêntica galeria de arte ao ar livre, situam-se nas margens do rio Côa, ao longo de dezassete quilómetros, que encerram 25.000 anos de arte pré-histórica – o mais antigo legado de actividade humana de gravação existente no mundo, que a UNESCO valida como ímpar e classifica como Património da Humanidade.

Em visita ao Parque Arqueológico do Vale do Côa e seu Museu pode conhecer-se o génio criador dos nossos ancestrais, do Paleolítico Superior à Idade do Ferro, através de milhares de gravuras representado essencialmente figuras animalistas (cabras montesas, cavalos, auroques – touros selvagens, veados), embora também se encontrem representações humanas (guerreiros de longas pernas empunhando lanças) e abstractas.

Rara e singular, esta rota do rupestre paleolítico vale a viagem, num passeio por uma paisagem deslumbrante, que gerações de artistas ancestrais elegeram como musa inspiradora ao longo de milhares de anos. Em complemento não deve perder-se a oportunidade de conhecer a região, os seus costumes e os excelentes vinhos que produz.

Escolha o seu alojamento de Turismo Rural perto de Vale do Côa – Gravuras Rupestres