Situada na região do rio Côa, a norte da cadeia montanhosa da Serra da Estrela e rodeada pela Serra da Marofa, a cidade sede de concelho de Pinhel reflete no seu nome a influência da grande quantidade de Pinheiros da região; apesar de a sua preponderância histórica advir da privilegiada localização em termos defensivo-militares e do seu Castelo, cuja história se entrecruza com a da própria nacionalidade portuguesa.

Dada a sua situação geográfica, próxima à fronteira espanhola, Pinhel desde cedo adquiriu importância estratégica defensiva, tendo sido transformada, em inícios do século XIV, numa imponente cidadela – em torno da qual gravitavam, um pouco por todo o concelho, um conjunto de locais fortificados (de que se destaca o próprio Castelo de Pinhel), considerados pontos avançados de um sistema de fortificações mais amplo que incluía os Castelos das povoações de Trancoso, Marialva, Guarda, Castelo Rodrigo,… Almeida e Castelo Mendo.
Encimando a lista do património a visitar em Pinhel, o Castelo de Pinhel – classificado como Monumento Nacional – surge como peça indissociável da história da nacionalidade portuguesa e de sucessivas reconquistas face a investidas sobre a soberania. Edificado no início da nação (havendo dúvidas quanto a ter sido iniciado no reinado de D. Afonso Henriques, ou no do seu sucessor, D. Sancho I), este Castelo teve a sua mais relevante actividade militar relacionada com a crise de 1383 – época em que contribuiu para derrotar as tropas castelhanas (Batalha de Trancoso); tornando a avultar no contexto da Guerra da Restauração (1640) e durante as Invasões Francesas – período em que foi ocupado pelas tropas napoleónicas.

Em Pinhel importa também conhecer a medieval Ponte Velha, a cerca de 800 metros do centro histórico e construída sobre a Ribeira das Cabras, onde assentam os dois grandes arcos que sustentam o seu talhamar central, com um tabuleiro plano. Outros patrimónios a não perder são a gótica Igreja de Santa Maria do Castelo (séc. XIV), a Igreja da Misericórdia (séc. XVI), a Igreja e Convento de São Luís (séc. XVI), o Convento de Santo António, o antigo Paço Episcopal e o Solar dos Távoras (em Souropires).

Escolha o seu alojamento de Turismo Rural perto de Pinhel